Blog

3 Atitudes essenciais no pregador

Preparar uma mensagem para transmitir à igreja pode ser uma tarefa difícil, e de fato é, considerando sua importância. Quem se esforça para pregar corretamente está sempre em busca de novos recursos como: livros, softwares, dicionários, comentários etc. Com certeza essa é uma atitude louvável em qualquer um que deseja transmitir a mensagem do evangelho e ensinar a igreja as doutrinas de Cristo.

Mas, eu quero apresentar 3 atitudes que devem estar presente em todo expositor das Escrituras. Digo, sem medo, que essas três atitudes são mais importantes que qualquer técnica ou material de auxílio. A pregação deve primeiro falar ao pregador, só então, deve ser transmitida a outros. Portanto, a pessoa do pregador vem antes dos auxílios materiais.

Creio ser suficiente citar 1 Tm 3.1-13 e Tito 1.6-9 que descrevem as características daqueles que estarão à frente da igreja. Qualquer um que deseje trabalhar ensinando a igreja deve desenvolver o caráter cristão que houve em Cristo e nos apóstolos.

1 – Honestidade

Honestidade na vida, sem dúvida, as me refiro também honestidade com o texto bíblico. Não pular passagens difíceis e principalmente não inventar interpretações.

O texto deve ser o guia principal e não sua imaginação. Se está diante de um texto difícil e polêmico debruce sobre ele, pesquise comentários, e seja honesto para reconhecer que é uma passagem difícil. Não dê respostas prontas e nunca, mas nunca mesmo, apresente uma resposta apenas para mostrar que sabe, quando na verdade não tem certeza. Seja honesto com o texto, com você mesmo e com o público.

2 – Confiança

Confiança de ser um verdadeiro servo de Deus. Quando o pregador tem dúvidas sobre sua salvação ou dúvidas sobre a veracidade da história Bíblia, isso afetará os ouvintes. Pior ainda será falar para agradar o público. Estar confiante traz certeza e a mensagem será transmitida com autoridade. Se há certeza de que a história bíblica é real a pregação será pautada em palavras de autoridade e serão alicerce firme para os que ouvem.

3 – Dedicação

Não pense que para pregar basta ler umas passagens bíblicas e falar alguma coisa que venha na cabeça. Pregar é a arte de expor o texto bíblico conforme ele foi escrito e tirar lições contextualizadas para quem ouve.

É necessário que o pregador se esforce. Leitura de comentários, versões diferentes dos textos, dicionários, tudo isso faz parte do estudo bíblico e exige dedicação.

Talvez você fique tentado a pegar algum sermão pronto. É fácil pegar o que outro já fez, mas nunca faça isso. Como eu disse no início, a mensagem deve falar primeiro ao pregador para depois produzir efeito nos ouvintes. Claro que você pode utilizar sermões prontos para ter uma ideia, tirar alguma conclusão, mas nunca utilize na íntegra a mensagem de outro. Se a mensagem não tocou em você não servirá para o público. Se esforce e se dedique na preparação do sermão.

Esses três pontos são importantes sem dúvida, e talvez você esteja sentindo falta de um outro detalhe que é ainda mais importante que qualquer outra coisa. Sim, para pregar a mensagem de Jesus você precisa estar cheio do Espírito Santo e em comunhão constante através da oração.

Você pode usar todas as técnicas da oratória e homilética, preparar um sermão “perfeito”, se não tiver a ação do Espírito Santo será meras palavras lançadas ao vento.

 Espero que você seja um grande pregador usado nas mãos de nosso Deus. Um instrumento para levar transformação e salvação.

Deus abençoe sua vida!